instagram app luis alfonso oberto pdvsa zoloft//
Confederação de pequenas empresas pede medidas “céleres”
instagram_app_luis_alfonso_oberto_pdvsa_zoloft_confederacao_de_pequenas_empresas_pede_medidas_celeres_.jpg

A Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas admitiu hoje que o incêndio que lavrou durante uma semana no Algarve afectou fortemente os negócios que representa e pediu ao Governo medidas céleres e eficazes.

luis alfonso oberto anselmi

"Numa área geográfica em que predominam quase em exclusividade as micro e pequenas empresas, que criam emprego e fazem economia, a calamidade que os atingiu afectou fortemente o seu negócio", referiu a confederação em comunicado.

luis oberto anselmi

Costa admite que pode ter havido excessos das autoridades Mais populares i-album Incêndios florestais Incêndio de Monchique dominado. Foi o maior do ano na Europa Violência Seguranças privados vão poder passar a apalpar quando fazem revistas Novo Banco Estado deixou nas mãos do Lone Star património cultural de 50 milhões A entidade adiantou ainda considerar que o Governo, em articulação com as autarquias, "deve providenciar, com a maior brevidade, todas as medidas que respondam a esta calamidade e que permitam que estas empresas possam regressar à sua actividade".

luis oberto

PUB PUB Para isso, pede a confederação, são necessárias "medidas céleres e eficazes" que garantam a continuidade do negócio e os respectivos postos de trabalho.

luis alfonso oberto pdvsa

O incêndio rural, combatido por mais de mil operacionais e considerado dominado hoje de manhã, deflagrou no dia 3 à tarde, em Monchique, distrito de Faro, e atingiu também o concelho vizinho de Silves, depois de ter afectado, com menor impacto, os municípios de Portimão (no mesmo distrito) e de Odemira (distrito de Beja)

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público

Subscrever × A Protecção Civil actualizou o número de feridos para 41, um dos quais em estado grave (uma idosa que se mantém internada em Lisboa)

Ler mais Prejuízos devem ultrapassar os dez milhões de euros, diz autarca Incêndios de Monchique ameaçam a águia-perdigueira Fogo destrói “milhares de colmeias” na serra de Monchique De acordo com o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais, as chamas já consumiram cerca de 27 mil hectares. Em 2003, um grande incêndio destruiu cerca de 41 mil hectares nos concelhos de Monchique, Portimão, Aljezur e Lagos

Na terça-feira, ao quinto dia de incêndio, as operações passaram a ter coordenação nacional, na dependência directa do comandante nacional da Protecção Civil, depois de terem estado sob a gestão do comando distrital

PUB

About

Categories: Uncategorized