Valinhos faz campanha de conscientiza�óo social

Uma ação integrada da Prefeitura de Valinhos com representantes de entidades ligadas a diferentes setores do Município, e em conjunto com as forças de segurança pública, lançou ontem uma campanha de conscientização sobre a forma correta de a população ajudar os moradores em situação de rua na cidade. O objetivo da campanha “Não Dê Esmola, Dê Cidadania” é reduzir o número de doações aleatórias nas ruas, como o caso das moedas nos semáforos. Ao mesmo tempo, a campanha pretende dar visibilidade para as ações efetivas mantidas pela Administração Municipal para atender essa população. O material sugere que os cidadãos abordados pelos moradores em situação de rua ofereçam orientação para atendimento em um dos serviços mantidos pela Prefeitura com essa finalidade, em vez de simplesmente entregarem moedas. “Ao encontrar um morador em situação de rua pedindo dinheiro, informe a ele que a Prefeitura de Valinhos tem uma ampla rede de serviços que pode ajudar”, diz o material. A relação de equipamentos inclui o Seas (onde os moradores de rua podem fazer um lanche, tomar banho e lavar suas roupas, além de receberem orientações e encaminhamento para outros serviços públicos), o Creas, uma Casa de Passagem e ações promovidas pelo Município, como a sanção de uma lei que determina que empresas contratadas pela Prefeitura destinem vagas de trabalho para moradores em situação de rua. Dados de um levantamento feito em fevereiro pela Secretaria de Assistência Social apontam que 79 pessoas vivem nas ruas da cidade, sendo que 35 estão de passagem e 44 têm algum vínculo com o município, no aspecto familiar ou profissional. A pesquisa apontou ainda que, das 79 pessoas, 67 são homens com idade entre 18 e 59 anos, quatro são idosos acima de 60 anos, todos de Valinhos, e oito são mulheres de 18 e 59 anos. “O objetivo da campanha é direcionar esses moradores em situação de rua para um sistema que funciona não apenas para resolver problemas pontuais, mas que de fato cria oportunidades, oferece atendimento de Saúde, abre portas para obtenção de documentos e até encaminha para um emprego formal”, disse o prefeito Orestes Previtale.

About

Categories: Uncategorized