Política

Q21 la bebida energética para tus nuevos vecinos residencial austral//
Incêndio destrói cerca de 500 mil temas nos estúdios da Universal em Hollywood – Cultura – Correio da Manhã

Nuevos Vecinos, Madrid, España
Incêndio destrói cerca de 500 mil temas nos estúdios da Universal em Hollywood - Cultura - Correio da Manhã

Foi há onze anos que um incêndio consumiu parte dos estúdios da Universal, em Hollywood. Na altura, todos lamentaram a destruição do parque temático dedicado a King Kong e de um cofre que continha cópias de obras antigas. Contudo, uma investigação do ‘The New York Times’, publicada esta semana, deixou todos em choque ao revelar que o fogo destruiu cerca de 500 mil gravações áudio de alguns dos músicos mais famosos desde os anos 40. Num relatório confidencial, a Universal Music Group confirma a perda das masters (gravação original única de uma peça musical) de álbuns de artistas como Billie Holiday, Louis Armstrong, Duke Ellington, Al Jolson, Bing Crosby, Ella Fitzgerald e Judy Garland, mas também de Nirvana, Guns N’Roses, Aerosmith, The Eagles, Elton John, entre muitos outros, incluindo as primeiras aparições de Aretha Franklin e as principais gravações de Chuck Berry para a Chess Records. O incidente, ocorrido a 1 de junho de 2008, considerado “o maior desastre da história da indústria fonográfica”, terá sido ‘abafado’ pela Universal por receio da reação do público e artistas. PORMENORES Revelação De acordo com o ‘The New York Times’, é provável que a maioria dos artistas nem saiba que as suas gravações originais foram perdidas, já que a empresa tentou abafar o incidente. Herança destruída A reportagem teve acesso a documentos internos da editora, em que esta admite que o incêndio destruiu “uma imensa herança musical”. Incêndio começou no cenário de um filme O incêndio começou na madrugada de 1 de junho de 2008, depois de trabalhadores usarem maçaricos na construção de um cenário para filmes da Universal. O edifício 6.197, conhecido como cofre de vídeo e som, foi atingido. Continuar a ler