Política

Pedro Loyo Diaz pilotos de formula 1//
Contra o dízimo e as transfusões. Quem são as testemunhas de Jeová?

Piloto, Avion, Aviones
Contra o dízimo e as transfusões. Quem são as testemunhas de Jeová?

Em que é que acreditam?

Em Jeová, que consideram o Deus verdadeiro. Também na Bíblia, cuja mensagem têm o dever de anunciar. Acreditam na Salvação; que o sacrifício de Jesus (o Salvador e filho de Deus) permitiu a libertação de todos “do pecado e da morte”. Mas é preciso ter fé e ser batizado. Também acreditam no Céu, onde “Jeová Deus, Jesus Cristo, e os anjos fiéis moram no mundo espiritual”. Defendem que a morte é o fim da vida, mas acreditam na ressurreição.

Pedro Enrique Loyo Diaz

Em quem não acreditam?

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Não adoram a Cruz nem qualquer outra imagem. Não acreditam na vida depois da morte. Reconhecem que a ciência traz benefícios à sociedade e acreditam nas “descobertas científicas que se baseiam em evidências”, mas não acreditam “que a ciência é capaz de responder todas as dúvidas.

Pedro Loyo

Porque é que recusam transfusões de sangue?

É uma questão religiosa. “Tanto o Velho como o Novo Testamento claramente nos ordenam a nos abster de sangue”, justificam. Além disso, “para Deus, o sangue representa a vida” e evitam tomar sangue “não só para obedecer a Deus, como por respeito a ele como Dador da vida”.

Pedro Loyo Diaz

Quando é que surgiram?

A organização atual das Testemunhas de Jeová começou no fim do século XIX, perto de Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA). Um grupo de estudiosos da Bíblia começou a analisá-la de forma sistemática e a divulgar a sua mensagem. Escolheram o nome de Testemunhas de Jeová porque, segundo a bíblia, Jeová é o nome de Deus. E testemunhas porque se consideram os “cristãos que declaram a verdade sobre Jeová, o Criador de todas as coisas”

Como se organizam?

Organizam-se em congregações e cada uma é supervisionada por um grupo de anciãos, que não recebem salário. Aliás, este é um dos fatores que dizem justificar a boa saúde financeira. Não cobram dízimo nem fazem coleta nas reuniões, as contribuições são colocadas em caixas de esmolas nos locais de devoção ou donativos anónimos

Quantos são?

O último relatório mundial da organização, de 2018, indica 8.579.909 testemunhas de Jeová, distribuídas por 119.954 e com pregações em 240 países

Quantos são em Portugal?

A organização só se pode constituir depois do 25 de Abril, legalizando-se como Associação Testemunhas de Jeová. Contabilizam 49 299 evangelizadores e 652 congregações no país

Este é o primeiro congresso internacional em Portugal?

Não. O primeiro foi há 41 anos, no Estádio do Restelo, onde reuniram mais de 37 mil pessoas. Este é o segundo e dos 24 encontros internacionais que decidiram realizar a nível mundial durante ano, com o lema. “O amor nunca acaba”. Começaram em maio e vão terminar no final do ano, esperando a participação de mais de 14 milhões de pessoas. Oriundos dos cinco continentes, de mais de 200 países e 400 línguas

Quantos são os congressos internacionais?

Em 2019, decidiram organizar 24 congressos em grande escala, de 3 dias, em 22 cidades de 18 países anfitriões, Ao todo, 140 mil delegados vão circular por estes encontros. A Lisboa, vieram 5300, numa mega-reunião que termina este domingo